O chocolate invade a avenida no carnaval 2010!!



Vejam que maravilha no carnaval de São Paulo: teremos chocolate na avenida! 

O enredo da escola de samba Rosas de Ouro, da cidade de São Paulo, passeou pela história do chocolate, dos olmecas, maias e astecas até chegar ao produto num formato comestível e que virou um dos maiores presentes.  O enredo “Cacau: um grão precioso que virou chocolate e, sem duvida, se transformou no melhor presente” trouxe a história do cacau - fruto que após deixar as entranhas da América Central ganhou a Europa, transformando-se em chocolate e conquistando o mundo. A pesquisa foi feita através de um projeto de um dos patrocinadores do enredo que recentemente lançou um livro sobre a história do cacau. Segundo o carnavalesco da escola, Jorge Freitas, a ideia do samba-enredo surgiu da parceria com a rede de chocolates Cacau Show no ano passado. O tema do enredo, "Cacau é show", no entanto, foi alterado menos de um mês antes do desfile.
    Segundo Angelina Basílio, a Rede Globo, detentora exclusiva do direito de transmissão do Carnaval 2010 para televisão, "sinalizou" que a frase suscitaria o nome da marca. No contrato da emissora, não é permitida a realização de propaganda e ações de merchandising durante os desfiles. A escola acatou para evitar problemas e o enredo mudou o nome. A frase "o cacau é show" do samba-enredo virou "o cacau chegou". Em seu terceiro ano como responsável pelo carnaval da Rosas de Ouro, Freitas contou a história que começou mil anos antes de Cristo, quando as civilizações usavam o fruto do cacaueiro para fazer bebidas, selar casamentos e até batizar crianças. Depois, o cacau conquistou a Europa, e após 100 anos de monopólio espanhol, voltou ao continente americano em forma "do melhor presente".
   Esta é a hora em que o chocolate invade a avenida. "E terá até cheiro de chocolate", promete o carnavalesco.
  O desfile terminou dando boas vindas à Páscoa e lembrando a tradição dos ovos de chocolate. O mestre Tornado foi Willy Wonka, do filme "A Fantástica Fábrica de Chocolate" (Mel Stuart, 1971), e comandou 250 ritmistas que usaram cartolas inspiradas na do personagem. Ellen Rocche fez o papel da rainha da fábrica. A escola da Freguesia do Ó entrou na avenida este ano com 4,5 mil componentes, divididos em 24 alas e 5 carros alegóricos.
   Um dos apelidos carinhosos de Seu Basilio, inesquecível presidente da Rosas de Ouro era "Cacau". Funcionário público por mais de 40 anos costumava tomar licor de cacau após o expediente. Era uma das maneiras de relaxar. Essa lembrança foi trazia por sua neta Camila, que há 7 meses é mãe de Eduardo, que recebeu o nome em homenagem ao avô. E a boa memória coincide com o enredo da escola para 2010.
Fonte: Sociedade Rosas de Ouro - Diretoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário