..um pouquinho da história do chocolate...
   A origem do chocolate remonta a 1.500 A.C., segundo registram estudos e evidências arqueológicas que demonstram que a civilização Olmeca foi a primeira a aproveitar o fruto do cacaueiro. Eles habitavam as terras baixas do Golfo do México. Evidências comprovam que pouco depois os Maias, Toltecas, a Aztecas também já utilizavam o cacau, a consideravam-no o alimento dos Deuses. Nesta época o cacau era usado como uma bebida, geralmente acrescida de algum condimento e era ingerida pelos sacerdotes em rituais ou cerimônias religiosas. 
    Houve um tempo também, na mesma época, em que as sementes de cacau, de tão valorizadas, viraram moeda corrente. Eram usadas como meio de troca a referencial de valor. Historicamente, foi Cristóvão Colombo quem descobriu o cacau para a Europa, quando de sua quarta viagem ao Novo Mundo, por volta de 1502. Ele teria levado sementes de cacau para o rei Fernando II, as quais passaram quase desapercebidas no meio de todas as outras riquezas que trouxe. Em 1519, Hernando Cortez descobriu o cacau durante suas conquistas no México, mas os espanhóis não apreciavam muito a bebida. Porém logo perceberam o valor da semente como referencial de valor a moeda de troca.
   Na realidade, a amêndoa de cacau era adorada como um ídolo pelos índios Maias a mais de 2000 anos atrás. Em 1519, Hernando Cortez experimentou pela primeira vez o "Cacahuatt", uma bebida apreciada por Montezuma II, último imperador Asteca. Cortez observou também que aquele povo tratava as amêndoas de cacau como um tesouro inestimável, o que aumentou ainda mais sua admiração pela nova descoberta. Imediatamente, Cortez trouxe o cacau para a Espanha, onde a bebida era preparada, incluindo adoçantes e posteriormente aquecida. Sua fórmula foi mantida em segredo por anos e era apreciada pela nobreza européia, porém com alguma ressalva, pois era considerada uma bebida rústica e "bárbara".Em meados do século XVII a bebida de chocolate ganhou fama e popularidade na França, pois em 1615 a Rainha francesa Anne, esposa de Luiz XIII, declarou o chocolate como "A bebida da corte francesa".
  A verdadeira revolução do chocolate aconteceu muito tempo depois, quando os holandeses desenvolveram uma prensa hidráulica que pela primeira vez permitia a extração, de um lado, da manteiga de cacau, a do outro a torta, ou massa de cacau, reduzindo assim o amargor e a acidez do chocolate. Esta última era pulverizada para se transformar em pó de cacau, que quando acrescido de sais alcalinos se tornava facilmente dissolúvel em água. Em pouco tempo a Espanha, que tinha praticamente o monopólio do cacau, perdeu sua hegemonia para a Inglaterra, França, Holanda entre outros países. Daí ao desenvolvimento de bebidas achocolatadas foi um passo rápido, a em seqüência a mistura com manteiga de cacau fez aparecer os primeiros tabletes de chocolate mais ou menos como os conhecemos hoje.



Esse é um espaço onde todos podem conhecer algumas delícias feitas com chocolate. Entre e passeie nessa gostosa viagem do chocolate artesanal. Quero compartilhar esse espaço com voces trocando receitas, informações, batendo aquele papo alegre e amigo. Trabalhamos com as melhores marcas e ingredientes para que voce possa ter um produto de qualidade. Além, é claro, daquele toque especial: amor, dedicação, cuidado e prazer para obtermos um produto especial para voce.
















Tudo surgiu de uma necessidade que é comum a todos...viver ou sobreviver!
Bem, eu resolvi viver e sobreviver, pelo menos tentar as duas.
Desde pequena eu gosto de doces. A parte preferida do almoço ou do jantar era a que cabia à sobremesa. E quando não tinha, eu ficava meio triste. A minha sorte é que não fui uma criança "gordinha" e consegui chegar a fase adulta pelo menos com um peso dentro do normal. Se bem que eu faço exercícios físicos e sempre procurei fazê-los ao longo dos anos. Sou, às vezes, naturalista, vegetariana, carnívora ou chocolatra e, eis o meu pecado capital: a gula por chocolate.
E por que não criar e "brincar" com essa delícia que (dito por pesquisadores) não faz mal a nossa saúde. Lógico, desde que comido moderadamente. Espero que todos saibam saborear essa gostosura, seja a dois ou mesmo sozinha(o), mas bem acompanhada por uma boa marca!


Não deixe para comer amanhã o bombom que voce pode comer hoje, pois amanhã pode ser que ele já tenha sido comido por alguém...:o)))